Qualificação para as atividades do turismo: Perfil profissional de trabalhadores, proprietários e gestores de empresas de alimentação fora do lar na Região Litorânea Central do Estado de Santa Catarina (Brasil)


Autores: Fernando Goulart Rocha e Fabiana Mortimer Amaral

Resumo: A pesquisa foi realizada entre novembro de 2008 e março de 2009 a fim de levantar o perfil profissional de trabalhadores, proprietários e gestores de estabelecimentos de alimentação fora do lar em municípios da Região Litorânea Central do Estado de Santa Catarina. Metodologia: A pesquisa foi realizada em sete municípios: Florianópolis, São José, Governador Celso Ramos, Biguaçu, Palhoça, Paulo Lopes e Garopaba. Foram respondidos 1.516 questionários: 1.110 por funcionários (73,22%) e 406 por gestores ou proprietários (26,78%). Resultados: Os resultados apontaram para a ampla demanda de trabalhadores que não possuíam certificação técnica para as atividades que estavam desempenhando. Em relação aos gestores e proprietários, percebeu-se, principalmente, a necessidade de investirem em formação profissional para as rotinas administravas que exerciam. Considerações Finais: Avaliaram-se como imprescindíveis programas de capacitação profissional para trabalhadores, gestores e proprietários envolvidos com o setor de alimentação fora do lar na área investigada. Por outro lado, é pertinente a concepção de indicadores que permitam levantar dados relacionados à qualidade dos serviços de alimentação oferecidos aos turistas e à população residente.

Abstract

The survey was accomplished between November 2008 and March 2009 in order to bring up the professional profile of employees, owners and managers of Food Service enterprises in some cities of Santa Catarina State Central Coastal Region. Methodology: The survey was accomplished in seven cities: Florianópolis, São José, Governador Celso Ramos, Biguaçu, Palhoça, Paulo Lopes, and Garopaba. 1516 questionnaires were answered: 1110 (73%) by employees and 406 (27%) by owners and managers. Results: The results showed that a large number of employees did not have technical certification for the activities which they were performing. In relation to the managers and owners, it was noticed, mainly, the need of investment in professional training or graduation in administrative activities that they are working in their establishments. Conclusions: It is essential professional training programs for workers, managers, supervisors and owners involved in Food Service enterprises in the investigated area. On the other hand, it is pertinent the conception of indicators which allow collecting data related to the quality of Food Service offered to tourists and the resident population.

Palavras-chave: Alimentação fora do lar; Trabalhadores; Proprietários; Gestores

Tipo do documento: Artigo

Instituição: ISSN: 1983-5442

Editora: Revista Turismo e Sociedade

Cidade da editora: Curitiba

Número de folhas / minutos: v. 5, n.1, p. 124-143

Ano: 2012

Status: Publicado

Arquivo: Arquivo